PARCELE EM ATÉ 6X NOS CARTÕES VISA OU MASTER.

Cigarro Eletrônico na gravidez

15/12/2015 0 Comentário (s) Cigarro Eletrônico,



Como o cigarro eletrônico ainda não foi totalmente certificado, isso significa que ainda não foram feitos testes que garantam sua total segurança, sendo assim, não são recomendados durante a gravidez.

 

Apesar disso, sabe-se que eles são bem menos prejudiciais ao bebê que os cigarros convencionais de tabaco.

Para entender melhor os riscos do cigarro comum sobre a gravidez, gostaria de sugerir uma matéria da página Medicina Reprodutiva que explica bem o assunto. 

Agora se você não consegue parar de fumar durante a gravidez, o cigarro eletrônico pode ser uma saída.

Cigarros de tabaco possuem nicotina e outras toxinas. São mais de 4.000 substancias diferentes. Já os cigarros eletrônicos, possuem nicotina, água e propilenoglicol.

Sabe-se que a nicotina estreita os vasos sanguíneos, durante a fase de gravidez, então o bebê recebe menos oxigênio e nutrientes através da placenta. Isso pode afetar significativamente a maneira como o bebê cresce.

Além disso, é importante levar em consideração que o propilenoglicol encontrado em vários cigarros eletrônicos é utilizado como um aditivo para cosméticos úmidos.

O problema mesmo é que não podemos determinar exatamente quais outras substâncias estamos respirando, mesmo que os nutrientes estejam rotulados. Dessa forma, é impossível listar todas as toxinas que vão atingir o feto.

Se você está grávida e faz uso de cigarros comuns, talvez seja uma boa ideia utilizar os cigarros eletrônicos para reduzir o teor de nicotina ingerido, mas independente de qualquer coisa, é altamente recomendável consultar sua obstetra, ela será a melhor pessoa para lhe orientar.

 

 

Deixe um comentário