PARCELE EM ATÉ 6X NOS CARTÕES VISA OU MASTER.

Alguns fatos sobre cigarro eletrônico

04/01/2016 0 Comentário (s) Cigarro Eletrônico,Líquidos,Baterias,

Boa noite vapers!!!

 

 

Para iniciar bem esse ano de 2016, preparei para vocês um post bem interessante, sobre o cigarro eletrônico, e suas principais vantagens:

 

 

 

- Não queima, não tem fumo real, nem fumaça, o que ele produz é vapor.Sem substâncias cancerígenas,não precisa de cinzeiros, sem pontas de cigarro.

 

 

- O vapor não tem cheiro algum, e nem poluentes, e o cigarro eletrônico não tem o problema do “fumante passivo”. Você pode fumar onde quiser, ao lado de quem quiser, ele não contém tabaco.

 

 

- O líquido que é esquentado (via bateria) é composto por propilenoglicol (um aditivo alimentar umectante comum, presente em centenas de coisas que a gente come. Ele evita que os alimentos sequem, além de ser benéfico a saúde) e água.

 

 

-O teor de nicotina é você quem decide, vai de no mínimo 0,6 mg á no máximo 1,8 mg, e existem também os que não possuem nicotina. A escolha é sua.

 

- O cigarro comum contém milhares de substâncias extremamente nocivas, como amônia, tabaco, butano (fluido de isqueiro!), solvente industrial, inseticida, metanol, arsênico, monóxido de carbono e muitos outros. Quando você substitui o cigarro comum pelo cigarro eletrônico, está deixando de ingerir tudo isso, e passa a ingerir apenas a nicotina, que você pode ir gradativamente diminuindo a quantidade.

 

 

 

-Usando o cigarro eletrônico, você não precisará mais se preocupar, com dentes amarelos,mau cheiro da boca,gengivas inflamadas e seu olfato e paladar não serão comprometidos.

 

 

 

-Com o cigarro eletrônico economize cerca de 80% do custo de fumar , e deixe de poluir o meio ambiente com bitucas.

 

 

-Ao contrário do cigarro comum, o cigarro eletrônico não causa envelhecimento da pele, não compromete o fôlego, não causa pigarro e nem tosse crônica. E não provoca doenças relacionadas ao cigarro de tabaco como: pneumonia, câncer (pulmão, bexiga, laringe, faringe, esôfago, boca, estômago), infarto de miocárdio, bronquite crônica, enfisema pulmonar, derrame cerebral, trombose, úlcera digestiva, impotência sexual, etc.;

 

- O cigarro eletrônico é uma das maneiras mais fáceis e menos dolorosas para que os fumantes de cigarro comum, deixem de fumar.

 

 

 

 

- O FDA, a “Anvisa americana”, aprova os cigarros eletrônicos. A grande maioria dos países do mundo também. Vários estudos comprovam que o cigarro eletrônico não faz mal para a saúde, e pode ser uma saída para os fumantes de tabaco. Dentre os estudos se destacam o do Professor Carl Philip  do Instituto Tobacco Harm Reduction da University of Alberta, Canadá. E o pioneiro  “Safety Report on the Ruyan® e-cigarette Cartridge and Inhaled Aerosol” conduzido pelo Dr. Murray Laugesen.

 

 

Bom por hoje é só, espero que tenham gostado e até a próxima!!

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário